16/02/2011

LONG WEEKEND: Um Clássico do Cinema de Horror Australiano dos Anos 70


Existem filmes com o poder de realmente prender a atenção do espectador do início ao fim. O suspense quando bem construído, com silêncios precisos, montagem criativa e uma boa história, acaba criando obras inesquecíveis, que mesmo com o passar dos anos, continuam a manter seu poder de nos transportar para dentro de um pesadelo que parece infinito. LONG WEEKEND, 1978, de COLIN EGGLESTON é um desses filmes. Feito com poucos recursos, o filme tem em seu roteiro primoroso, seu grande trunfo. Um casal vai acampar, em uma floresta perto da praia e começa, aos poucos, a perceber que existe algo de estranho, uma atmosfera opressora os envolve aos poucos como se a natureza quisesse expulsá-los daquele lugar. Essa força primitiva da natureza, a floresta, o mar, a areia, o isolamento, tudo se amplifica para o casal, auxiliado pelos estranhos e assustadores ruídos da floresta. Muitos mistérios surgem: a boneca encontrada na praia, o carro abandonado, o ataque do pássaro, tudo começa a empurrar as personagens para um abismo onde a força da civilização, representadas na arma e no carro, se tornem obseoletas diante daquela natureza em fúria.

É muito prazeroso poder conhecer um filme como esse, que há anos gostaria de ver. O Cinema de Gênero australiano dos anos 70, tem muitos filmes interessantes e desconhecidos para mim. Já ouvi falar até do termo: AUSPLOITATION. O Clássico MAD MAX foi o primeiro exemplar desse cinema singular que tive contato, e até hoje ainda revejo, grande filme o primeiro MAD MAX, o segundo também, claro. Em breve devo falar por aqui de outro Australian Flick: NIGHT OF FEAR, de 1972, que é considerado por muitos como o primeiro filme de Horror  australiano, que antecipa muito do que apareceria anos depois em filmes como O MASSACRE DA SERR-ELÉTRICA. Muito bom esse LONG WEEKENDE de 1978. Existem dois filmes com esse mesmo título que não sei ao certo se são remakes, mas com certeza, se for o caso, não terão a força desse filme de 78, simples, criativo, que deveria servir de inspiração para os jovens roteiristas  e Diretores que acham que conhecem tudo e nem desconfiam o quanto são “analfabetos” em termos de sensibilidade cinematográfica...

5 comentários:

vitor disse...

Tenho long weekend aqui em casa mas ainda não assisti. O seu texto me deu vontade de ver o filme. Um ótimo filme australiano de horror tbm é Next of kin!

M.Carrard disse...

Muito obrigado pelo dica Vitor, espero que goste do the long Weekend,pois este é um grande filme...

Sandinista disse...

Fala Carrard! Sou um dos "órfãos" do Mondo Paura e fiquei feliz com o anúncio do novo blog.
Não vi ainda "Long Weekend" mas ele é citado no excelente "Not Quite Hollywood", sobre o cinema OZPLOITATION australiano. Valeu. Abraços e sorte!

M.Carrard disse...

Valeu pela dica e pelo incentivo. Ainda estou construindo esse Blog e breve terei mais novidades. Volte sempre e divulgue.

SINGULARIDADE ENKIANA disse...

Ola querido Marcelo obrigada por ter um gosto mais apurado para filmes,pois sei que naum estou so neste mundo,obrigado por esta dica vou baixar esse filme,sabe...odeio filmes idiotas totalmente ocos e pra cabecas ocas,adoro este site.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...